Saiu no último número da Revista Pesquisa FAPESP uma reportagem que mostra como diferentes habitats, principalmente uma comparação entre ambientes pristinos e ambientes modificados pelo processo de fragmentação florestal, influenciam a atividade e a diversidade de morcegos insetívoros aéreos na Amazônia Central. 

Gilberto Stam entrevista a doutoranda Giulliana Appel (Ecologia - PDBFF/INPA) e o seu orientador, Dr. Paulo Bobrowiec (Ecologia - INPA), ambos do Grupo de Pesquisa PDBFF. A reportagem repercutiu a recente pesquisa publicada na revista Animal Conservation desenvolvida no PDBFF. Vale ressaltar que tal grupo de morcegos é formado por importantes predadores de invertebrados e desempenha um papel ecológico fundamental para o equilíbrio do ecossistema, como por exemplo, pelo efetivo controle de pragas para a lavoura. 

A matéria vai um pouco além e mostra que, além dos morcegos, bandos mistos de aves insetívoras de sub-bosque também mudam sua atividade em função da qualidade do ambiente em que vivem. Para isso, Gilberto Stam conversou com o ornitólogo Karl Mokross, sobre os resultados de seu doutorado desenvolvido no PDBFF pela Louisiana State University (EUA).   

Ficou interessado? Você pode ter acesso à matéria completa pelo link da Revista Pesquisa FAPESP:

https://revistapesquisa.fapesp.br/morcegos-evitam-florestas-deterioradas/

Também para aprofundar mais no assunto, sugerimos ler os artigos científicos que inspiraram à reportagem:

Appel, G.; López-Baucells, A.; Rocha, R.; Meyer, C. F. J. & Bobrowiec, P. E. D. 2021. Habitat disturbance trumps moonlight effects on the activity of tropical insectivorous bats. Animal Conservation. doi.org/10.1111/acv.12706

Mokross, K.; Potts, J.; Rutt, C. L. & Stouffer, C. F.2018.What can mixed-species flock movement tell us about the value of Amazonian secondary forests? Insights from spatial behavior. Biotropica.50(4):664-673. DOI:10.1111/btp.12557. 

O artigo de Appel et al. (2021) é a publicação 813 da Série Técnica do PDBFF e o artigo de Mokross et al. (2018) conta com o número 735 da mesma Série Técnica.